Sábado, 20 de Setembro de 2008

Assim começa... ...assim acacba, são meninos de rua!!

MENINOS MEDO

MENINOS ABANDONADOS

 

 

ROMPE A BARREIRA,

SANGRA

A

MÃE

E

ILUMINA A VIDA;

 

 

Vida que desce

o

morro

nos primeiros passos,

no grande espaço,

nos faróis,

no calçadão,

na praia - aos pés do mar.

Na Candelária,

aos

pés

de

DEUS!

 

 

São meninos - homens,

são guerreiros.

 

À tarde,

a fome arde

o estômago diminuído

sob a pele

curtida

de todos os sóis;

 

Com gingado,

o bate-bate

do dinheiro alheio;

 

sob a marquise

o delírio

da

cola, de mão em mão,

como o pão

quem não tem.

 

Arde menos

o

sofrido

estômago

nos sonhos delirantes,

entorpecidos,

alucinantes,

D R O G A D O S.

 

Drogados

vêem o mundo

do jeito que mereciam

ter, para viver!

 

À noite,

cansados

de arrastarem

seus fracos

corpos,

por entre

corpos

que não os vêem,

corpos bem nutridos,

bem vestidos;

 

Passam...

 

Aconchegam-se

uns aos outros

sob marquises,

nas

praças,

sobre bancas de jornais

aos pés de Deus,

Na Candelária.

 

Quietos,

protegidos pelos

braços fortes

Do Cristo Redentor ao alto

e

açoitados

pelos ventos frios

vindos do mar,

D O R M E M.

 

Como canção de ninar...

aos seus ouvidos,

apenas os ruídos

dos carros que passam

velozes

em

Copacabana

e

dos insetos

que procuram abrigo

nos bueiros.

 

Almas boas,

que ainda existem,

condoídas

os

aquecem

com ralos cobertores.

 

E os

Homens - monstros,

ASSASSINOS,

S O R R A T E I R O S,

usando como fossem

brinquedos,

armas possantes

à revelia do Cristo

que a tudo vê,

fazendo funcionar

seus

"brinquedinhos"...

 

...Interrompem as vidas,

que dormindo

sonhavam com

a felicidade,

julgando ser

as mãos das mães e

não o vento,

que os acariciavam.

 

Mortos restaram

sob os ralos

cobertores

os corpos inertes.

 

Pequenos,

leves

Dos meninos - fome,

Dos meninos - medo,

Dos meninos - analfabetos,

Dos meninos - ânsia,

DOS MENINOS ABANDONADOS!

 

Crianças sem acalanto,

sem afeto,

sem infância!

 

Mortos na Candelária

aos

pés

de

DEUS!

 

ROMPE A BALA,

SANGRA

A MÃE - TERRA

SOB O CIMENTO DA PRAÇA.

 

Interrompem as vidas

e subindo,

essas almas pequeninas,

iluminam os céus

como estrelas

sobre o mar!

 

 

(SANGRA O MEU CORAÇÃO, ARDE MEU DESEJO DE JUSTIÇA!)

publicado por edgarasta às 23:17
link do post | comentar | favorito
|

.quem sou eu!!!

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. O Recomeço

. Crianças sem Natal

. Capoeira

. Não sou nada sem ti

. Ser Pai

. Bob Marley: o homem que n...

. Qual é, afinal, o signifi...

. Assim começa... ...assim ...

. «desde 1990»

. Primavera bem vinda

. Mãe Natureza

. Palavras para quê????????...

. "ClanDestinos" -organiza...

. amigos reggaeiros

. De Que Vale a Sabedoria ?

. Gente Pobre

. A Vergonha e a Injustiça ...

. Dreadlocks

. é o nº 10, finta com os d...

. ...Ritmo,,,

. ...Acordes...pratica...

. ...Acordes...teoria...

. ...Básico...mão esquerda....

. ...Básico...afinação...

. ...Básico...solfejo...

. ...Básico...introdução...

. ...Iniciação...

. ,,, A Guitarra...

. ANGOLA

. Camada Ozono:

. Problemática da Droga

. Baixa da Banheira

. Miséria

. Miséria e Fome

. Ups!!! Com Licença..........

. Porque ela existe

. Pergunto!

. Parar com a Destruição do...

. Babilônia homenageia Bob ...

. FOME / POBREZA / DESI...

. Africa / Portugal

. A lenda

.arquivos

. Outubro 2013

. Dezembro 2009

. Maio 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Setembro 2008

. Junho 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds